A
rtista Piauiense esse espaço também é seu, entre em contato e divulgue seu trabalho aqui!

Teatro: Fontes Bibliográficas

Quer começar a entender teatro?__ então LEIA:
  • A Criação de Um Papel (Constantin Stanislavski)
  • A Construção de Um Personagem (Constantin Stanislavski)
  • A Preparação do Ator (Constantin Stanislavski)
  • O Manual do Ator (Constantin Stanislavski)
  • Estudos Sobre Teatro (Bertolt Brecht)
  • Iniciação ao Teatro (Sábato Magaldi)
  • Panorama do Teatro Brasileiro (Sábato Magaldi)
  • Introdução às Grandes Teorias do Teatro (Jean-Jacques Roubine)
  • A Arte do Ator (Jean-Jacques Roubine)
  • A Linguagem da Encenação Teatral (Jean-Jacques Roubine)
  • Ator e Método (Eugênio Kusnet)
  • O Teatro de Meyerhold (Vsevold Meyerhold)
  • O Teatro e seu Duplo (Antonin Artaud)
  • Teatro Completo (Qorpo Santo)
  • 100 Jogos Dramáticos (Maria Clara Machado)
  • Improvisação para Teatro (Viola Spolin)
  • Cartas A Uma Jovem Atriz (Marília Pêra)
  • Teatro Para Quem Nunca Fez Teatro (Tenê de Casa Branca)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar nosso blog e deixar um comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Minha foto
Teresina, Piaui, Brazil
GRACINEIA CRUZ É Graduada em Licenciatura Plena em História pela Universidade Estadual do Piauí _ UESPI; e Artes Visuais _ UFPI (Cursando); Especialista em Estado, Movimentos Sociais e Cultura _ UESPI. Experiente na área de artes com ênfase em Teatro e elaboração de projetos culturais. É professora de História (ensino fundamental e médio), pesquisadora, artista plástica, artesã e atriz profissional (DRT/PI – 238). Morou de 2006 a 2009, fora do Brasil, o que possibilitou o contato com outras culturas e diversidades sociais. Fala inglês e espanhol. Editora do blog: www.sitok-sitak.blogspot.com onde publica artigos e informações sobre arte e cultura. Coordena e dirige a Cia. SiTok-sitAk de Teatro e Pesquisa, onde atualmente vem desenvolvendo o projeto sentar e ouvir _ uma pausa para contação de histórias.
"A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível."